VOCÊ AJUDA SEUS CONCORRENTES?

Ano após ano, o Sr. Wagner ganhava o troféu “Melhor Milho” na feira da agricultura. E o seu milho era cada vez melhor.

Uma jornalista ficou intrigada com a informação de que o Sr. Wagner compartilhava a semente do seu milho gigante com todos os seus vizinhos, também fazendeiros.

– Como pode o senhor compartilhar sua melhor semente com seus vizinhos quando eles também estão competindo? – indagou a repórter.

– Simples, minha jovem! O vento apanha o pólen do milho maduro e o leva de campo em campo. Se meus vizinhos cultivarem milho inferior, a polinização vai degradar também a qualidade do meu milho. Então, se eu quiser cultivar milho bom, eu tenho que ajudar meus vizinhos a cultivarem milho bom – respondeu o velho fazendeiro.

Distribua boas sementes!?

Se você quer viver em paz, ajude que as pessoas a sua volta vivam em paz. Se você cultivar a ira, estará sempre no centro de um campo de guerra. Se quer ser feliz, distribua felicidade. Se você quer ser rico, cultive e distribua riquezas – e não estou falando de dinheiro.

Nos negócios, muitas vezes é melhor lutar junto com seus concorrentes para ampliar o mercado do que brigar pelos mesmos clientes, dividindo o que já é pequeno. 

Perceba que em uma casa onde há sempre discórdia, brigas e desavenças, as pessoas não cultivam olhares e sorrisos, não cultivam “por favor” e “obrigado”, não cultivam “bom dia” ou “boa noite”. Preocupam-se em guardar essas “boas sementes” para elas, mas se esquecem que, com isso, suas sementes vão apodrecendo.

No trabalho, em casa, no clube, no trânsito, na igreja… não importa onde, distribua suas melhores sementes de amor e de gentileza. 

Sem mesquinharia: distribua à vontade! A cada ano, a cada dia, seu “prêmio” será cada vez maior.

Ajude seu concorrente!

Ajudar seu concorrente não significa permitir que ele se torne mais forte do que você, mas sim criar um ambiente de cooperação e aprendizado mútuo. O importante é ampliar o mercado e deixá-lo saudável.

1. Troque conhecimentos: Compartilhe informações relevantes e conhecimentos importantes que possam ajudar seu concorrente a melhorar seus produtos, serviços ou processos, sem necessariamente contar seus “segredos” comerciais. Lembre-se de que um mercado saudável é benéfico para todos.

2. Indique-os quando apropriado: Se você encontrar uma oportunidade em que seu concorrente possa ser mais adequado para atender as necessidades de um cliente que você não pode atender, não hesite em indicá-los. Isso demonstra honestidade e transparência com o cliente potencial.

3. Colabore em projetos conjuntos: Se surgir a possibilidade de trabalhar em um projeto em conjunto, aproveite a chance para colaborar com seu concorrente. Ao unir forças, vocês podem dividir custos, compartilhar recursos e alcançar resultados melhores, ampliando o mercado.

4. Ofereça feedback: Se houver uma oportunidade de oferecer um feedback construtivo ao seu concorrente, faça isso com delicadeza e respeito. Pode ser sobre produtos, serviços ou até mesmo sobre estratégias de marketing. Isso ajudará seu concorrente a melhorar e elevar o nível do setor.

5. Aprenda com eles: Observe o que seu concorrente faz de bom e tente aprender com suas práticas e estratégias. Isso pode inspirar você a melhorar e inovar em sua própria empresa.

Abraços com muita #Inspiração e #Atitude! Bora #FazerAcontecer.

De seu Amigo, ZEPPA!?


#FazerAcontecer é…. distribuir conhecimento

Marcio Zeppelini, o ZEPPA, é Palestrante, Empresário, Empreendedor Social, Editor e escritor. Já realizou +de 350 Palestras em 9 países, inspirando milhares de pessoas a #FazerAcontecer


Conheça mais em www.zeppa.me

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe agora

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp